Efe Godoy


36 x 30 cm

EFE GODOY
TODA VONTADE EXPLODE NO MOMENTO CERTO DE EXPLODIR, 2018
DESENHO E AQUARELA SOBRE PAPEL
36 X 30 CM

information about this work informações sobre esta obra
23 x 21 cm

EFE GODOY
ARMADILHA PARA PASSARINHO, 2018
DESENHO E AQUARELA SOBRE PAPEL
23 X 21 CM

information about this work informações sobre esta obra
24 x 21 cm (1)

EFE GODOY
A PAIXÃO DA PLANTA PELA MADEIRA DA CADEIRA, 2018
DESENHO E AQUARELA SOBRE PAPEL
24 X 21 CM

information about this work informações sobre esta obra
26 x 21 cm (3)

EFE GODOY
PODE ESTAR ACONTECENDO, 2018
DESENHO SOBRE PAPEL
26 X 21 CM

information about this work informações sobre esta obra
26 x 21 cm (4)

EFE GODOY
COELHO QUE CAVALGA DA SORTE, 2018
DESENHO E AQUARELA SOBRE PAPEL
26 X 21 CM

information about this work informações sobre esta obra
29,5 x 21 cm (5)

EFE GODOY
POUSO, REPOUSO EM CASA, 2018
DESENHO E AQUARELA SOBRE PAPEL
29,5 X 21 CM

information about this work informações sobre esta obra
23,5 x 21,5 cm (3)

EFE GODOY
VAI, VOA, 2018
DESENHO E ACRÍLICA SOBRE PAPEL
23,5 X 21,5 CM

information about this work informações sobre esta obra
24 x 21 cm (3)

EFE GODOY
CARREGA PEDRA E FLOR, 2017
DESENHO E AQUARELA SOBRE PAPEL
24 X 21 CM

information about this work informações sobre esta obra
30 x 21 cm (8)

EFE GODOY
TAMPA A CARA COM FOLHA VERDE PRA DAR SORTE, 2017
DESENHO E AQUARELA SOBRE PAPEL
30 X 21 CM

information about this work informações sobre esta obra
Efe Godoy_ (28)

EFE GODOY
DESENHO E PINTURA SOBRE PAPEL, 2018
21 X 22 CM

information about this work informações sobre esta obra

Efe Godoy, 1988, Sete Lagoas, MG, Brasil.

Vive e trabalha em Belo Horizonte, MG, Brasil.

Com propostas artísticas que transitam entre desenho, pintura, música e performance, Efe Godoy é graduado em Artes Plásticas na Escola Guignard. Sua relação com o desenho é quase instintiva e começou na própria infância. Em suas obras vemos frequentemente animais e plantas em forte simbiose com o humano, e com os aspectos ordinários da vida cotidiana, da memória e do passar do tempo. Além de uma intensa ligação com letras de música e poesias. Desde 2010 lidera os vocais do projeto musical “Absinto muito”. Realizou as exposições individuais ; Ter sido passarinho tecido, Instalação site-specific, 104, Belo Horizonte, 2014; Do lado de dentro da cabeça, Teatro Municipal de Anápolis, Goiás, GO; Por enquanto pássaros, no BDMG Cultural, Belo Horizonte, MG, ambas em 2015. Em 2016 participou da 6ª edição da Bolsa Pampulha, no Museu de Arte da Pampulha, Belo Horizonte; No mesmo tempo que crescem as plantas e todas as coisas, no Memorial Minas Gerais Vale, em 2016 ; Exposiçõa Como se eu estivesse lá, na Aliança Francesa; “Do objeto que já foi do seu Afeto”, no SESC Palaldium, 2017; Exposição Depois de Num sei o quê, Unoiversidade Fumec; PAISAGEM: A REPETIÇÃO DO QUE É IMPERMANENTE em Londrina, 2017; Performance Expedição postal na exposição Lorenzato: Simples Singular no Centro Cultural Minas Tênis Clube em 2017; Exposição coletiva na Celma Albuquerque  em 2017.