Gabriela Machado


Série Kalango I - acrílica sobre madeira - 40 x 35 cm [2015]

SÉRIE KALANGO I
ACRÍLICA SOBRE MADEIRA
40 X 35 CM

information about this work informações sobre esta obra
Série Kalango II - acrílica sobre madeira - 40 x 35 cm [2015]

SÉRIE KALANGO II
ACRÍLICA SOBRE MADEIRA
40 X 35 CM

information about this work informações sobre esta obra
Gabriela Machado - Chinquitzi, 2015

Gabriela Machado
Chinquitzi, 2015
Acrílica sobre linho
Díptico – 170 x 290 cm

information about this work informações sobre esta obra
Gabriela Machado - Filomena, 2014

Gabriela Machado
Filomena, 2014
Acrílica sobre linho
150 x 200 cm

information about this work informações sobre esta obra
Gabriela Machado - Sem título

Gabriela Machado
Sem título
Escultura – porcelana e esmalte
24 x 28 x 22 cm

information about this work informações sobre esta obra
G.Machado Roda 2012 60 x 60 cm

GABRIELA MACHADO
RODA, 2012
ÓLEO SOBRE TELA
60 X 60 CM

information about this work informações sobre esta obra
G Machado (2)

GABRIELA MACHADO
SEM TÍTULO, 2016
PINTURA SOBRE PAPEL
149 X 109 CM

information about this work informações sobre esta obra
G.Machado Melódica 2015 200 x 525 cm

gabriela machado
melódica, 2015
acrílica sobre tela
200 x 525 cm

information about this work informações sobre esta obra

Gabriela Machado, 1960, Santa Catarina, SC, Brasil.
Vive e trabalha no Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Formada em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Santa Úrsula, 1984. Antes de se dedicar exclusivamente às artes plásticas a partir de meados dos anos 80, participou de trabalhos de restauração na Fundação Roberto Marinho. Gabriela estudou gravura, pintura, desenho e teoria da arte na Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Frequentou cursos em História da Arte. No ano de 2009, foi vencedora do Prêmio de Artes Plásticas FUNARTE Marcantonio Vilaça. Inaugurou o espaço da Caixa Cultural de São Paulo com a exposição Doida Disciplina (2009), com curadoria de Ronaldo Brito após realizar a mesma exposição na Caixa Cultural do Rio de Janeiro e lançar um livro homônimo pela Editora Aeroplano do Rio de Janeiro com sua produção mais recente. Em 2008, Gabriela fez uma exposição individual na Galeria 3+1 em Lisboa, Portugal, e foi também contemplada com o prêmio Marcantonio Vilaça em aquisição coletiva da Fundação Ecco (Brasília). Ainda em 2008 lançou o livro intitulado Gabriela Machado (Editora Dardo, Santiago de Compostela, Espanha), com um apanhado de textos críticos e imagens de diferentes fases da sua carreira. Entre as suas exposições individuais ocorridas em anos anteriores destacam-se: Desenhos no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro, com texto de Paulo Venâncio (2002); Centro Universitário Maria Antônia, texto de Afonso Luz (São Paulo, 2002); Neuhoff Gallery de Nova York, com texto de Robert Morgan (2003). Está presente em importantes coleções brasileiras, como as de Gilberto Chateaubriand, José Mindlin, George Kornis, João Carlos Figueredo Ferraz, Charles Cosac, Fundação Castro Maya, Instituto Brasileiro de Arte e Cultura, Centro Cultural Cândido Mendes e Fundação Catarinense de Cultura (MASC), e mais recentemente, a Fundação ECCO e o Museu de Arte da Pampulha.

Currículo completo

Gabriela Machado, 1960, Santa Catarina, SC, Brasil.
Vive e trabalha no [lives and works in] Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

exposições e salões I exhibitions and salons
2013 Aproximações Contemporâneas. Galeria Roberto Alban. Salvador, BA.
Art Dubai. Feira Internacional de Arte de Dubai. Dubai, Emirados Árabes.
SPArte. Feira Internacional de Arte de São Paulo. São Paulo, SP.
Rever. Galeria 3+1. Lisboa, Portugal.
Do Barroco para o Barroco: onde está a arte contemporânea?. Curdadoria Lourenço Egreja e Fatima Lambert. Casa de La Parra. Santiago de Compostela. Espanha.
ArtRio. Feira Internacional de Arte do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ. Galeria Celma Albuquerque.
Histórias que eu quero contar. Curadoria Marcelo Campos. Galeria Laura Marsiaj. Rio de Janeiro, RJ.
2012 Cadência. Galeria Bolsa de Arte de Porto Alegre. Porto Alegre, RS.
Cadência. Paço Imperial. Rio de Janeiro, RJ.
Chamo silêncio à linguagem-que-já-não-é-orgão-de-nada. Curadoria Maria de Fátima Lambert. Quase Galeria. Porto, Portugal.
Arquivo Aberto: Sérgio Porto 1983–1997. Curadoria Marta Mestre. Espaço Sérgio Porto. Rio de Janeiro, RJ.
ArtRio Fair. Feira Internacional de Arte Contemporânea do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ.
O Colecionador de Sonhos – Instituto Figueiredo Ferraz. curadoria Agnaldo Farias. Ribeirão Preto, SP.
Coletiva Coleção BGA – Brazil Golden Art – MUBE – Museu Brasileiro de Escultura. São Paulo, SP.
2011 Os Jardins de Lisboa em Gabriela Machado. Instituição Carpe Diem. Lisboa – Portugal.
Produção de gravuras com John Armstrong a convite de Squire, Sanders & Dempsey – Phoenix, Arizona. EUA.
Cadência. Galeria Moura Marsiaj. São Paulo – SP.
II Mostra do Programa Anual de Exposições. Artista Convidada. Centro Cultural São Paulo. São Paulo – SP.
ArtRio Fair. Feira Internacional de Arte Contemporânea do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ.
PINTA Art Fair. Galeria Celma Albuquerque. Nova Iorque. EUA.
Passante no mundo- Paulo Reis e Cª. Mostra coletiva em homenagem. Quase Galeria. Porto – Portugal.
2010 Arquivo Geral. Curadoria Beatriz Lemos e Marisa Flórido. Centro de Arte Hélio Oiticica. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Coletiva Arte brasileira: Além do Sistema. Curadoria Paulo Sérgio Duarte. Galeria Estação. São Paulo, SP, Brasil.
Alindina, Alecrim e Doralina. Galeria Celma Albuquerque. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Coletiva Coisário Cassino Museu. Museu de Arte da Pampulha. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Coletiva Geometric Illusion. Frederic Seve Art Gallery. Nova Iorque. EUA.
Galeria Laura Marsiaj. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Feira de Arte Contemporânea de Vigo. Espacio Atlántico. Vigo, Espanha.
2009 Doida Disciplina. Curadoria Ronaldo Brito. Caixa Cultural. São Paulo, SP, Brasil.
Coletiva de desenhos, Galeria Celma Albuquerque. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Projeto Acervo. Curadoria Leonardo Vidella. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Valencia Art. Valência, Espanha.
Coletiva The Line is a Sign. Latin Collector Gallery, Nova York, EUA.
Projeto Acervo. Curadoria Leonardo Vidella. Bar do Mineiro. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Doida Disciplina. Curadoria Ronaldo Brito. Caixa Cultural. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Estética Solidária. Curadoria Paulo Reis. Palácio do Marquês. Lisboa, Portugal.
Coletiva 6 x 6 Novas Aquisições – Prêmio FUNARTE Marco Antônio Vilaça – ECCO. Brasília, DF, Brasil.
Art to stop Tuberculosis. Curadoria Paulo Sérgio Duarte – Universidade Cândido Mendes. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
2008 FORO SUR 2008- feira Iberoamericana de Arte Contemporânea – Centro de Exposiciones San Jorge. Cáceres, Espanha.
Arquivo geral, curadoria Fernando Cochiarelli, prédio da Justiça Federal. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
3+1 galeria. Lisboa, Portugal.
SPArte. HAP Galeria, Galeria Virgilio. São Paulo, SP, Brasil.
ARCO’08. Feira de Arte Contemporânea. H.A.P. Galeria. Madrid, Espanha.
2007 Arte Lisboa 2007 – 3=1 Arte Contemporânea/ FIL/ Parque das Nações. Lisboa. Portugal.
PINTA ART FAIR- Metropolitan Pavillion/ Galeria Virgílio, Nova York, EUA.
Gabriela Machado e José Spaniol. Largo das Artes. Organização H.A.P Galeria, Martha Pagy e Miguel Sayad. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Gabriela Machado e Renata Tassinari. Galeria Matias Brotas. Vitória, ES, Brasil.
SP Arte. HAP Galeria, Galeria Virgílio, Celma Albuquerque. São Paulo, SP, Brasil.
30 anos do Centro Cultural Cândido Mendes. Curadoria Paulo Sérgio Duarte. Galeria do Convento. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
A Gravura Brasileira na Coleção Mônica e George Kornis. Caixa Cultural Galerias 2 e 3. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Doação desenho série Cascas. Leilão Beneficente Parque Lage. Exposição dos trabalhos. Parque Lage. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
2006 Pinturas. Galeria Virgílio. São Paulo, SP, Brasil. Texto: Alberto Tassinari.
Gabriela Machado e Ângelo Venosa. Galeria Celma Albuquerque. Belo Horizonte, MG, Brasil.
A Sala dos Fios. Cenário para desfile de Isabela Capeto. São Paulo Fashion Week, SP, Brasil.
Arte Lisboa. Feira de Arte Contemporânea. Galeria Celma Albuquerque. Lisboa, Portugal, Brasil.
Os Amigos da Gravura. Circuito SESC Rio. Museu Castro Maya. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Paisagem Bruta. Curadoria Luiz Camillo Osório. Galeria Virgilio. São Paulo, SP, Brasil.
SP Arte. HAP Galeria, Galeria Virgilio. São Paulo, SP, Brasil.
Arquivo Geral. Curadoria Paulo Venancio Filho. Centro de Arte Hélio Oiticica. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
MAM na OCA. Curadoria Tadeu Chiarelli, Felipe Chaimovich e Cauê Alves. Pavilhão Lucas Noqueira Garcez. São Paulo, SP, Brasil.
2005 Pinturas. H.A.P Galeria. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Texto: Ronaldo Brito.
Referencias Fotográficas. Galeria de Arte Ipanema. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Palmbeach3. Neuhoff Gallery. West Palm Beach, FL, USA.
Pinturas. Arte Pará. Curadoria Paulo Herkenhof. Fundação Romulo Maiorana. Belém, PA, Brasil.
Leilão Cerebrando. Galeria Fortes Vilaça, SP, Brasil.
Educação, olha! Galeria A Gentil Carioca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Espaço Galeria, Casa Cor. Curadoria Paulo Reis. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
2004 Arquivo Geral. Arte Contemporânea no Jardim Botânico. H.A.P Galeria. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Art Chicago. Neuhoff Gallery. Chicago, IL, USA.
San Francisco International Art Exposition. Neuhoff Gallery. Chicago, IL, USA.
San Francisco International Art Exposition. Neuhoff Gallery. San Francisco, CA, EUA.
PalmBeachContemporary. Neuhoff Gallery. West Palmbeach, FL, EUA.
2003 Neuhof Gallery. Nova York, EUA. Texto: Robert Morgan
Salão de Arte Hebraica. H.A.P Galeria. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Art Chicago. International Art Fair. Neuhoff Gallery. Chicago, IL, EUA.
San Francisco International Art Exposition. San Francisco, CA, EUA.
ArtPalmBeach. Neuhoff Gallery. West Palm Beach, FL, EUA.
Art Cologne. Neuhoff Gallery. Cologne, Alemanha.
Pausa. MAES Museu de Arte do Espirito Santo. Vitória, ES, Brasil.
In The Realm Of The Absurd. The Gallery of Contemporary Art. Sacread Heart University, Fairfield, CA, EUA.
2002 Centro Cultural Banco do Brasil. Rio de Janeiro, RJ. Texto Paulo Venâncio
H.A.P Galeria. Rio de Janeiro, RJ. Texto Paulo Sergio Duarte
Art Chicago. International Art Fair. Neuhoff Gallery. Nova York, USA.
San Francisco International Art Exposition. Neuhoff Gallery. Nova York, USA.
Projeto Rumos. Itaú Cultural Artes Visuais. Palácio das Artes. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Exposição Acervo. Galeria Celma Albuquerque. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Os Gêneros da Arte: A Natureza-Morta na Arte Contemporânea. Espaço MAM Higienópolis. SP, Brasil.
The Gesture. Movement in Painting and Sculpture. Neuhoff Gallery. Nova York, EUA.
Centro Universitário Maria Antônia. São Paulo, SP, Brasil.
2001 ARCO’01, Feira de Arte Contemporênea. Gabinete de Arte Raquel Arnaud. Madrid, Espanha.
Rio de Janeiro – Barcelona. La Casa Elizalde. Barcelona, Espanha.
Lucky Strike Photolab. Marina da Glória. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Works on Paper. Neuhoff Gallery. Nova York, EUA, Brasil.
The Heart of Art. Neuhoff Gallery. Nova York, EUA, Brasil.
Traço Contemporâneo. UBM. Barra Mansa, RJ, Brasil.
2000 Desenho Contemporâneo. 4 Artistas Brasileiros. Paço Imperial. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Gestural Works on Paper. Neuhoff Gallery. Nova York, EUA.
1999 Rio Gravura. Coleção Guita e José Mindlin. Espaço Cultural dos Correios. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Rio Gravura. Coleção Mônica e George Kornis. Espaço Cultural dos Correios. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Rio Gravura. Plano Marcado. Centro Cultural Cândido Mendes. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Desenho Contemporâneo. 4 Artistas Brasileiros. Centro Cultural São Paulo, SP, Brasil. Texto: Rodrigo Naves
Desenho Contemporâneo. 4 Artistas Brasileiros. Caelum Gallery. Nova York, EUA.
Calming The Clouds. Curadoria Mallin Barth. Tiftelsen 3,14. Bergen, Noruega.
Fachadas Imaginárias. Oficina Cult. Oswald de Andrade. Sculpture Urbaine Laboratoire. São Paulo, SP, Brasil.
5º Salão da Bahia. MAM Museu de Arte Moderna. Salvador, BA, Brasil.
5º Salão UNAMA de pequenos formatos. Universidade da Amazônia, AM, Brasil.
1998 ARCO’98, Feira de Arte Contemporênea. Galeria Valu Oria. Madrid, Espanha.
Paço Imperial. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
6º Salão Nacional Victor Meirelles. Museu de Arte de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.
16º Salão Nacional de Artes Plásticas. MAM Museu de Arte Moderna. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
1997 Os Amigos da Gravura. Museu Chácara do Céu. Fundação Castro Maya. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Valu Oria Galeria de Arte. São Paulo, SP, Brasil. Texto: Ronaldo Brito.
Novas Aquisições. Coleção Gilberto Chateaubriand. MAM Museu de Arte Moderna. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Brasil Reflexão. A Arte Contemporânea da Gravura. Fundação Cultural de Curitiba, PR, Brasil.
6º Bienal de Santos. Centro de Cultura Patrícia Galvão. Santos, SP, Brasil.
25º Salão Nacional de Artes de Belo Horizonte. Centro Cultural da UFMG. Belo Horizonte, MG, Brasil.
1996 Espaço Cultural Sérgio Porto. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
B.A.T. Bon à Tirer. La Casa do Brasil. Madrid, Espanha.
Influência Poética. Paço Imperial. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Influência Poética. Palácio das Artes. Belo Horizonte, MG, Brasil.
3º Salão Bahia. MAM Museu de Arte Moderna. Salvador, BA, Brasil.
Salão Belém do Pará. Fundação Rômulo Maiorana. Belém, PA, Brasil.
1995 Impressões Cariocas. MAM Museu de Arte Moderna. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Novos Talentos. 24 artistas selecionados para expor o trabalho no Gabinete do Presidente da República. Brasília, DF, Brasil.
Limites da Pintura. Centro Cultural CEF. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
11º Bienal da Gravura. Mostra América. Museu Guido Viário. Mostra Brasil. Curitiba, PR, Brasil.
52º Salão Paranaense de Arte. MAC Museu de Arte Contemporânea. Curitiba, PR, Brasil.
1994 Coletiva 8. Centro Cultural UFMG. Belo Horizonte, MG, Brasil.
1ª Bienal Nacional da Gravura. São José dos Campos, SP, Brasil.
1º Salão da Bahia. MAM Museu de Arte Moderna. Salvador, BA, Brasil.
14º Salão Nacional de Artes Plásticas. Palácio Gustavo Capanema. MEC. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
18º Salão Carioca. EAV Parque Lage. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
1993 Centro Cultural São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.
Projeto Exposições Temporárias. Museu da Gravura, Solar do Barão. Curitiba, PR, Brasil.
Coletiva. Programa Anual de Exposições. Centro Cultural São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.
17o Salão Carioca. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
13o Salão Nacional de Artes Plásticas. IBAC. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
1992 Galeria Macunaíma. Funarte. Instituto Brasileiro de Arte e Cultura. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Projeto Macunaíma. Funarte. Galeria Sérgio Milliet. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
49º Salão Paranaense de Arte. MAC Museu de Arte Contemporânea. Curitiba, PR, Brasil.
1991 9ª Bienal de Desenho de Curitiba. Museu de Arte Contemporânea de Curitiba. Curitiba, PR, Brasil.
16º Salão de Ribeirão Preto. Museu de Arte de Ribeirão Preto. Ribeirão Preto, SP, Brasil.
48º Salão Paranaense. MAC Museu de Arte Contemporânea. Curitiba, PR, Brasil.
1990 Projeto Macunaíma. Funarte. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Novos Novos. Galeria Centro Empresarial. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
22º Salão Nacional de Arte de Belo Horizonte. Museu de Arte. Belo Horizonte, MG, Brasil.
1987 Galeria Contemporânea. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

prêmios I awards
Prêmio “Mostras de artistas no exterior” do Programa Brasil Arte Contemporânea, da Fundação Bienal de São Paulo –2010
Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – FUNARTE – 2009
Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – FUNARTE (coletivo) – 2008
XI UniversidArt. RJ. (Menção Honrosa)
VI Bienal de Santos. SP. (Prêmio Aquisição)
XVI Salão de Ribeirão Preto. SP. (Menção Especial do Júri)
XVII e XVIII Salão Carioca de Arte. RJ. (Prêmio Participação)
XIII Salão Nacional de Artes Plásticas. RJ. (Prêmio Aquisição)
VI Salão Victor Meirelles. SC. (Prêmio Aquisição)
XVI Salão de Inverno de Mauá. RJ. (2° Prêmio)

coleções particulares e museus | private collections and museums
Museu de Arte da Pampulha – Belo Horizonte, MG, Brasil – Prêmio aquisição Marcantonio Vilaça – 2009
Fundação ECCO, Brasília, DF, Brasil – Prêmio aquisição Marcantonio Vilaça (coletivo) – 2008
Casa de Cultura Laura Alvim, RJ, Brasil.
Centro Cultural Cândido Mendes, RJ, Brasil.
Centro Cultural Patrícia Galvão. Secretaria de Cultura de Santos, SP, Brasil.
Coleção Charles Cosac, SP, Brasil.
Coleção George Comis, RJ, Brasil.
Coleção Gilberto Chateaubriand, RJ, Brasil.
Coleção João Carlos Figueiredo Ferraz, SP, Brasil.
Coleção José Mindlin, SP, Brasil.
Coleção Alexandre Martins Fontes, SP, Brasil.
Fundação Castro Maya/Chácara do Céu, RJ, Brasil.
IBAC Instituto Brasileiro de Arte e Cultura, RJ, Brasil.
Museu de Arte Santa Catarina. Fundação Catarinense de Cultura, SC, Brasil.

projetos especiais I special projects
Intervenção artística na embalagem do Perfume II de Isabela Capeto. Leilão com renda revertida para o Instituto Nacional do Câncer. Abril, 2008, Brasil.
A Sala dos Fios. Cenário para desfile de Isabela Capeto. SPFW, Inverno 2006, Brasil.
Revista Ícaro. Capa da Edição de 20 anos. Junho, 2003, Brasil.
Menu 166/214. Ilustração para cardápio. Encontro dos Companheiros da Boa Mesa. 2001 e Julho, 2005, Brasil.
Pratos para a Arte IX. Museu Lasar Segall. Julho, 2006, Brasil.
Contos de Pedro. Capa de livro. Rubens Fiqueiredo, Companhia das Letras, 2006, Brasil.
Livro de Artista. Aquisição. Centro Cultural Banco do Brasil. Rio de Janeiro, 2003, Brasil.
Dialeto. Volume I. Edição Livro de Artistas. 1996, Brasil.
Enciclopédia Itaú de Artes Visuais. Itaú Cultural. www.itaucultural.org.br

entrevistas, palestras e matérias I interviews, lectures and publications
“Loca Disciplina”, entrevista por Adriana Cangalaya para revista “ArtMotiv” nº 08. Novembro 2009.
“Doida Disciplina”, entrevista por Mariana Briquet para revista “Vida & Estilo Breton Actual”. Número 2 – Ano1. 2009.
“Suco de Coisas”, matéria por Luciana Pessanha para revista Joyce Pascowitch. Setembro 2009.
“Quitanda Carioca”, matéria por Lenor Amarante para revista Casa Vogue. Outubro 2007.
“Le Charm Subtil de Gabriela Machado”, entrevista por Felipa de Almeida para a Revista Helvetissimmo, Le Magazine Suisse, 2007.
Fernanda Lopes. O Vigor de Gabriela Machado. Cinco Vezes Arte. Obra Prima. www.obraprima.net. Maio 2002.
Paulo Sérgio Duarte. O Traço e a Linha nas Artes Plásticas e na Dança Contemporânea. II Encontro de Idéias com Adriana Pavlova, Marcia Milhazes e Gabriela Machado. H.A.P. Galeria. Rio de Janeiro, Maio 2002.
Projeto Visões Contemporâneas, Mesa redonda: Brígida Baltar, Ernesto Neto, Franklin Cassaro e Gabriela Machado. Escola Candido Mendes de Interiores. Rio de Janeiro, maio 2000.
Projeto Sábado no Parque, entrevista com Gabriela Machado e Marco Veloso, escola de Artes Visuais do Parque Lage. Rio de Janeiro, 1998.
Ronaldo Brito, Gabriela Machado e Heloisa Amaral Peixoto. Encontro de Idéias. H.A.P. Galeria. Rio de Janeiro.
Paulo Sérgio Duarte analisa obra de Carlos Vergara e Gabriela Machado em palestras no Centro Cultural da Caixa
Econômica. Rio de Janeiro, outubro 1995.

vídeos I videos
“Arteacesso-br”, entrevista para o projeto homônimo, 2008.
Programa “Catálogo” do Canal Brasil. Produzido pela TV Imaginária Produções (http://www.youtube.com/watch?v=iPUJgazcZag), 2008.

bibliografia
livros I books
Gabriela Machado – Doida Disciplina. Editora Aeroplano, 2009.
Gabriela Machado. Editora Dardo, 2008.

catálogos de exposições individuais I solo exhibtions catalogues
BRITO, Ronaldo. “Doida Disciplina”. Caixa Cultural de São Paulo, 2009.
BRITO, Ronaldo. “Doida Disciplina”. Caixa Cultural do Rio de Janeiro, 2009.
BRITO, Ronaldo. “O Sopro de Corpo”. Galeria Valu Ória São Paulo e Paço Imperial Rio de Janeiro, 1998.
BRITO, Ronaldo. Doida Disciplina. HAP Galeria. Rio de Janeiro, Junho, 2005.
DUARTE, Paulo Sérgio. “E ainda por cima, são vermelhas…”. HAP Galeria. Rio de Janeiro, 2002.
GOODMAN, Jonathan. “Gabriela Machado at Neuhoff”. Art in América. October, 2003.
KALM, James. “Gabriela Machado Red Suspended”. NY Arts Magazine, vol. 8, nº 6. Junho, 2003
KORNIS, E. M. George.”As trasgressões silenciosas de Gabriela Machado, precisas impressões”. Fevereiro, 1988.
LUZ, Afonso. Centro Universitário Maria Antônia. São Paulo, 2002.
MORGAN, Robert. “Passages”. Neuhoff Gallery, 2003.
ROELS JR., Reynaldo. Rio de Janeiro. Galeria Macunaíma, 1992.
TASSINARI, Alberto. “Tinta ao Alvo”. Galeria Virgilio e Matias Brotas. Novembro, 2006.
VENÂNCIO, Paulo. “Vermelho (Em Suspenso)”. Centro Cultural Banco do Brasil. Rio de Janeiro, 2002.

catálogos de exposições coletivas I group exhibtions catalogues
Diversidade e Afinidades: Universo x reverso. ECCO. Brasília, 2010.
AUAD, Ronaldo. “Quero escrever movimento puro”. Traço Contemporâneo, edição 2001. UBM. Rio de Janeiro.
AUAD, Ronaldo. “Traço Contemporâneo ou a Vontade do Desenho”, edição 1996. UBM – Rio de Janeiro.
BACH, Cristina. “Planos Marcados”. Centro Cultural Cândido Mendes – Rio de Janeiro, 1999.
Barcelona – Rio de Janeiro, La Casa Elizalde e Centro Cultural Cândido Mendes, 2001.
CAMILLO OSÓRIO, Luiz,” Pisagem Bruta”, Galeria Virgílio , SP, Setembro 2006.
CALIRMAN, Cláudia. “Between Drawning and Painting”. Neuhoff Gallery, NY – USA. 2000.
COCCHIARALE, Fernando. Galeria Contemporânea – Rio de Janeiro, 1991.
COCCHIARALE, Fernando. “Rumos da Nova Arte Contemporânea Brasileira”. Palácio das Artes – Belo Horizonte. 2002.
DUARTE, Paulo Sérgio. “Limites da Pintura”. Caixa Econômica Federal – Rio de Janeiro, 1995.
FARIAS, Agnaldo e NEVES FILHO, João Otávio -“6º Salão Nacional Victor Meirelles” E CHIARELLI, Tadeu “Os salões e o
salão nacional Victor Meirelles” – Textos de apresentação do catálogo do VI salão Victor Meirelles. Dezembro de 1998.
HERKENHOFF, Paulo, “A Beleza do Feio” Fundação Romulo Maiorana, Arte Pará 2005, Belém, Pará.
KEIS, Heitor. “Texto de apresentação”. III Salão MAM Bahia. Dezembro, 1996.
MATTOS, Armando. “A Memória da Forma”. Impressões cariocas. MAM – Rio de Janeiro. Abril 1995.
MORGAN, Robert. ” The Gesture”. Neuhoff Gallery, NY. Setembro, 2002
Mostra Rio Gravura – Catálogo Programação Geral/Rio de Janeiro, 1999.
MURY, Luiz Augusto. “O Olhar Hedonista”. UBM Galeria de Arte – Rio de Janeiro, 2001.
NAVES, Rodrigo e FARIAS, Agnaldo. “Texto Comissão Organizadora”. VI Bienal Nacional de Santos Artes Visuais, 1997.
NAVES, Rodrigo. “Mundos contínuos incompletos” Desenho Contemporâneo. Centro Cultural – São Paulo, Paço Imperial
– Rio de Janeiro e Caelum Gallery – Nova York – USA, 1999.
Plano Marcado. Catálogo Geral, Mostra Rio Gravura. Outubro 1999.
TORTOSA, Alina. “Mostra Brasil”. Museu Guido Viário. Catálogo XI Mostra da gravura de Curitiba. Agosto, 1995.
VENÂNCIO FILHO, Paulo. “Influência Poética” Dez Desenhistas Contemporâneos. Paço Imperial – Rio de Janeiro e
Palácio das Artes, Belo Horizonte, 1996.
VIARA, Bartina. “A Arte Contemporânea da Gravura / Brasil Reflexão 1997”.

artigos e resenhas I articles and review
ACHÉ, Suzete, “Nós na Cama” caderno Ela, O Globo, 24 Março, 2007.
ABREU, Gilberto. “Desenho a quatro”. Jornal do Brasil – Caderno B, 21 Março 2000.
ATHERINO, Yolanda. “Duas visões de arte”. Jornal da Tarde, Junho 1998.
ATHERINO, Yolanda. “Monólogos do Vermelho”. Jornal da Tarde – Caderno 2, 17 Abril 2002.
ALVES, Rodrigo, ” Os limites do Livro Arte”. Revista Veredas – ano 8 n° 91, Julho de 2003.
BETTI, Maria Silva. “texto para Gianni Ratto”, Ilustração. A FOLHA DE SÃO PAULO, Jornal de Resenhas, Outubro 1999.
BRAVO, resenha, junho 2005.
BRITO, Ronaldo. “Sopro de Corpo”. REVISTA CASA VOGUE ano 22. Nº1.
CANDIDO, Simone. “Os mãos pintadas”. Revista de Domingo, 1996.
CABRAL, Luciana. “Imensidão em traços tênues”. Tribuna da Imprensa, Maio 1998.
COUTINHO, Wilson. “Medidas descomunais e leves como a pluma”. Jornal O Globo – Segundo Caderno, Março 2000.
FERREIRA, dos Santos Joaquim, coluna gente boa, ” Arte e paladar” Julho 2005.
GAMA, Júlio. “Artistas Modificam a Fachada do Pacaembu”. O Estado de São Paulo – Caderno 2, 10 Junho 1999.
GENERAL NEWS/NY – “Galeria Nenhoff expõe três artistas brasileiros no limite entre a pintura e o desenho”, 2000.
GONÇALVES FILHO, Antônio. “Bienal de Santos recupera pequeno formato”. O Estado de São Paulo, Outubro 1997.
GOODMAN, Jonathan.”Gabriela Machado at Neuhoff “. Review Of Exttibitions, Art in America, Outubro 2003.
GRUTES, Larissa, “G. M. captura o frescor do Horto nas pinturas” Tribuna Bis, Junho 2005.
ICARO, Windows, Mais uma carioca das artes, Maio 2005.
ISTO É GENTE, Bastidores “Isabela Capeto faz desfile em volta de instalação de papel higiênico”, 30 Janeiro 2006.
JORNAL A TARDE CULTURAL/Salvador – Painel Contemporâneo, 21 Dezembro 1996.
JORNAL DO BRASIL – Caderno B. “Paço abre programas de visitas”. 05 Março 2000.
JORNAL DO BRASIL – Caderno B. “Gilberto de Abreu, Gestural Works on Paper”. Abril 2000.
JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO – Caderno Acontece, 13 Novembro 1997.
JORNAL O GLOBO – Coluna Manhattan Connections. “Gestos Coletivos”, 26 Março 2000.
JORNAL O GLOBO – Segundo Caderno. “Paço abre primeiras mostras do ano”. 23 Março 2000.
JORNAL O GLOBO. “O papel como elemento essencial de obras nacionais”. Abril 1999.
JORNAL ÚLTIMA HORA. “Diálogo entre o novo e o consagrado”. Setembro 1995.
KLEIN, Cristian. “Mostra Rio Gravura entra na reta final”. JORNAL DO BRASIL, 1999.
KALM, James. “Gabriela Machado Red” (Suspended) – NY Arts Magazine. Abril 2003.
LONTRA, Marcus. “Painel Contemporâneo”. Jornal A Tarde Cultural/Salvador – 21 Dezembro 1996.
MACHADO, Cassiano. “Gabriela Machado faz arte coim ausência”. Jornal Folha de São Paulo, Novembro 1997.
MENEZES, Caroline, O Colorido de Gabriela, caderno B, Jornal do Brasil, Junho 2005.
MILLEN, Manya. “CEF inaugura galeria com arte contemporânea”. Jornal O Globo, Julho 1995.
MOLINA, Camila. “Ceuma recebe a produção de cinco artistas”. O Estado de São Paulo, Maio 2002.
MONACHESI, Juliana. “Desenho é posto do avesso no CCSP”. Jornal Folha de São Paulo, 25 Setembro 1999.
MORAES, Angelina. “Arte jovem brasileira volta ao Centro Cultural São Paulo”. O Estado de São Paulo, 1993.
MARRA, HELOISA. “Papel higiênico em transe” Segundo Caderno – O Globo-24 fevereiro 2006.
NAZARETH, Otávio. “O traço com força de gesto”. Gazeta Mercantil, Março 2000.
NAHAS, Ana Laura “Duos” Abre hoje a temporada 2007 da Galeria Matias Brotas, 15 Março 2007.
O ESTADO DE SÃO PAULO – Caderno 2. “Mostras apresentam tradicional e o novo”. 14 Novembro 1997.
O ESTADO DE SÃO PAULO – Caderno 2. “Exposição reverencia a figura de Sérgio Milliet”. 24 Setembro 1999.
OSÓRIO, Luis Camilo. “Desenhos com dimensões determinadas por quem vê”. Jornal O Globo-Segundo Caderno, 1998.
PENA, Andréa. “Repaginado”. Caderno Dois, Jornal a Gazeta, 26 Setembro 2003, Vitória, ES.
PELEGRINI, Liliane. “Diálogos Orgânicos” O Tempo/ Magazine, BH 12 Agosto 2006.
RIANI, Mônica. “Artista utiliza atelier como isnpiração de suas obras”. Gazeta do Rio, Maio 1998.
RIANI, Mônica. “Artistas em conexão Rio-Nova York”. Gazeta Mercantil – Rio Cultura, 18 Abril 2000.
RIANI, Mônica. “As revoluções terminais”. Jornal do Brasil, 1995.
RIANI, Mônica. “Painel dos anos 90”. Jornal do Brasil, Agosto 1995.
SUL FLUMINENSE – Caderno Lazer & Cia. “Mostra traz artistas contemporâneos para BM”. 07 Outubro 2001.
TEIXEIRA, Regina. “Chácara do Céu abre ciclo ‘Amigos da gravura’”. Gazeta Mercantil, Setembro 1997.
TINOCO, Bianca. “Imagens do Casulo”. Jornal do Comércio – Artes Visuais, 18 Março 2002.
VENÂNCIO FILHO, Paulo. “A Persistência do Atelier”. REVISTA VEREDAS BANCO DO BRASIL ano 4. Nº46.
VIEIRA, Márcia. “Criatividade sem Limites”. REVISTA VEJA RIO, Coluna Beira Rio – Setembro 1995.
VISO, Leonardo, “Mãos a Obra” Caderno Atrações, Século Diário, Vitória, ES, 26 Março 2007.
“SIMÕES, Yolanda, ”Química da Pintura” A Tarde, Caderno 2, Salvador Julho 2005.
SEBASTIÃO, Walter. “Gramática da Forma” Estado de Minas, BH, 11 agosto 2006.

Full curriculum

Gabriela Machado, 1960, Santa Catarina, SC, Brasil.
Vive e trabalha no [lives and works in] Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

exposições e salões I exhibitions and salons
2013 Aproximações Contemporâneas. Galeria Roberto Alban. Salvador, BA.
Art Dubai. Feira Internacional de Arte de Dubai. Dubai, Emirados Árabes.
SPArte. Feira Internacional de Arte de São Paulo. São Paulo, SP.
Rever. Galeria 3+1. Lisboa, Portugal.
Do Barroco para o Barroco: onde está a arte contemporânea?. Curdadoria Lourenço Egreja e Fatima Lambert. Casa de La Parra. Santiago de Compostela. Espanha.
ArtRio. Feira Internacional de Arte do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro, RJ. Galeria Celma Albuquerque.
Histórias que eu quero contar. Curadoria Marcelo Campos. Galeria Laura Marsiaj. Rio de Janeiro, RJ.
2012 Cadência. Galeria Bolsa de Arte de Porto Alegre. Porto Alegre, RS.
Cadência. Paço Imperial. Rio de Janeiro, RJ.
Chamo silêncio à linguagem-que-já-não-é-orgão-de-nada. Curadoria Maria de Fátima Lambert. Quase Galeria. Porto, Portugal.
Arquivo Aberto: Sérgio Porto 1983–1997. Curadoria Marta Mestre. Espaço Sérgio Porto. Rio de Janeiro, RJ.
ArtRio Fair. Feira Internacional de Arte Contemporânea do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ.
O Colecionador de Sonhos – Instituto Figueiredo Ferraz. curadoria Agnaldo Farias. Ribeirão Preto, SP.
Coletiva Coleção BGA – Brazil Golden Art – MUBE – Museu Brasileiro de Escultura. São Paulo, SP.
2011 Os Jardins de Lisboa em Gabriela Machado. Instituição Carpe Diem. Lisboa – Portugal.
Produção de gravuras com John Armstrong a convite de Squire, Sanders & Dempsey – Phoenix, Arizona. EUA.
Cadência. Galeria Moura Marsiaj. São Paulo – SP.
II Mostra do Programa Anual de Exposições. Artista Convidada. Centro Cultural São Paulo. São Paulo – SP.
ArtRio Fair. Feira Internacional de Arte Contemporânea do Rio de Janeiro. Rio de Janeiro – RJ.
PINTA Art Fair. Galeria Celma Albuquerque. Nova Iorque. EUA.
Passante no mundo- Paulo Reis e Cª. Mostra coletiva em homenagem. Quase Galeria. Porto – Portugal.
2010 Arquivo Geral. Curadoria Beatriz Lemos e Marisa Flórido. Centro de Arte Hélio Oiticica. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Coletiva Arte brasileira: Além do Sistema. Curadoria Paulo Sérgio Duarte. Galeria Estação. São Paulo, SP, Brasil.
Alindina, Alecrim e Doralina. Galeria Celma Albuquerque. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Coletiva Coisário Cassino Museu. Museu de Arte da Pampulha. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Coletiva Geometric Illusion. Frederic Seve Art Gallery. Nova Iorque. EUA.
Galeria Laura Marsiaj. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Feira de Arte Contemporânea de Vigo. Espacio Atlántico. Vigo, Espanha.
2009 Doida Disciplina. Curadoria Ronaldo Brito. Caixa Cultural. São Paulo, SP, Brasil.
Coletiva de desenhos, Galeria Celma Albuquerque. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Projeto Acervo. Curadoria Leonardo Vidella. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Valencia Art. Valência, Espanha.
Coletiva The Line is a Sign. Latin Collector Gallery, Nova York, EUA.
Projeto Acervo. Curadoria Leonardo Vidella. Bar do Mineiro. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Doida Disciplina. Curadoria Ronaldo Brito. Caixa Cultural. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Estética Solidária. Curadoria Paulo Reis. Palácio do Marquês. Lisboa, Portugal.
Coletiva 6 x 6 Novas Aquisições – Prêmio FUNARTE Marco Antônio Vilaça – ECCO. Brasília, DF, Brasil.
Art to stop Tuberculosis. Curadoria Paulo Sérgio Duarte – Universidade Cândido Mendes. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
2008 FORO SUR 2008- feira Iberoamericana de Arte Contemporânea – Centro de Exposiciones San Jorge. Cáceres, Espanha.
Arquivo geral, curadoria Fernando Cochiarelli, prédio da Justiça Federal. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
3+1 galeria. Lisboa, Portugal.
SPArte. HAP Galeria, Galeria Virgilio. São Paulo, SP, Brasil.
ARCO’08. Feira de Arte Contemporânea. H.A.P. Galeria. Madrid, Espanha.
2007 Arte Lisboa 2007 – 3=1 Arte Contemporânea/ FIL/ Parque das Nações. Lisboa. Portugal.
PINTA ART FAIR- Metropolitan Pavillion/ Galeria Virgílio, Nova York, EUA.
Gabriela Machado e José Spaniol. Largo das Artes. Organização H.A.P Galeria, Martha Pagy e Miguel Sayad. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Gabriela Machado e Renata Tassinari. Galeria Matias Brotas. Vitória, ES, Brasil.
SP Arte. HAP Galeria, Galeria Virgílio, Celma Albuquerque. São Paulo, SP, Brasil.
30 anos do Centro Cultural Cândido Mendes. Curadoria Paulo Sérgio Duarte. Galeria do Convento. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
A Gravura Brasileira na Coleção Mônica e George Kornis. Caixa Cultural Galerias 2 e 3. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Doação desenho série Cascas. Leilão Beneficente Parque Lage. Exposição dos trabalhos. Parque Lage. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
2006 Pinturas. Galeria Virgílio. São Paulo, SP, Brasil. Texto: Alberto Tassinari.
Gabriela Machado e Ângelo Venosa. Galeria Celma Albuquerque. Belo Horizonte, MG, Brasil.
A Sala dos Fios. Cenário para desfile de Isabela Capeto. São Paulo Fashion Week, SP, Brasil.
Arte Lisboa. Feira de Arte Contemporânea. Galeria Celma Albuquerque. Lisboa, Portugal, Brasil.
Os Amigos da Gravura. Circuito SESC Rio. Museu Castro Maya. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Paisagem Bruta. Curadoria Luiz Camillo Osório. Galeria Virgilio. São Paulo, SP, Brasil.
SP Arte. HAP Galeria, Galeria Virgilio. São Paulo, SP, Brasil.
Arquivo Geral. Curadoria Paulo Venancio Filho. Centro de Arte Hélio Oiticica. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
MAM na OCA. Curadoria Tadeu Chiarelli, Felipe Chaimovich e Cauê Alves. Pavilhão Lucas Noqueira Garcez. São Paulo, SP, Brasil.
2005 Pinturas. H.A.P Galeria. Rio de Janeiro, RJ, Brasil. Texto: Ronaldo Brito.
Referencias Fotográficas. Galeria de Arte Ipanema. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Palmbeach3. Neuhoff Gallery. West Palm Beach, FL, USA.
Pinturas. Arte Pará. Curadoria Paulo Herkenhof. Fundação Romulo Maiorana. Belém, PA, Brasil.
Leilão Cerebrando. Galeria Fortes Vilaça, SP, Brasil.
Educação, olha! Galeria A Gentil Carioca. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Espaço Galeria, Casa Cor. Curadoria Paulo Reis. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
2004 Arquivo Geral. Arte Contemporânea no Jardim Botânico. H.A.P Galeria. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Art Chicago. Neuhoff Gallery. Chicago, IL, USA.
San Francisco International Art Exposition. Neuhoff Gallery. Chicago, IL, USA.
San Francisco International Art Exposition. Neuhoff Gallery. San Francisco, CA, EUA.
PalmBeachContemporary. Neuhoff Gallery. West Palmbeach, FL, EUA.
2003 Neuhof Gallery. Nova York, EUA. Texto: Robert Morgan
Salão de Arte Hebraica. H.A.P Galeria. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Art Chicago. International Art Fair. Neuhoff Gallery. Chicago, IL, EUA.
San Francisco International Art Exposition. San Francisco, CA, EUA.
ArtPalmBeach. Neuhoff Gallery. West Palm Beach, FL, EUA.
Art Cologne. Neuhoff Gallery. Cologne, Alemanha.
Pausa. MAES Museu de Arte do Espirito Santo. Vitória, ES, Brasil.
In The Realm Of The Absurd. The Gallery of Contemporary Art. Sacread Heart University, Fairfield, CA, EUA.
2002 Centro Cultural Banco do Brasil. Rio de Janeiro, RJ. Texto Paulo Venâncio
H.A.P Galeria. Rio de Janeiro, RJ. Texto Paulo Sergio Duarte
Art Chicago. International Art Fair. Neuhoff Gallery. Nova York, USA.
San Francisco International Art Exposition. Neuhoff Gallery. Nova York, USA.
Projeto Rumos. Itaú Cultural Artes Visuais. Palácio das Artes. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Exposição Acervo. Galeria Celma Albuquerque. Belo Horizonte, MG, Brasil.
Os Gêneros da Arte: A Natureza-Morta na Arte Contemporânea. Espaço MAM Higienópolis. SP, Brasil.
The Gesture. Movement in Painting and Sculpture. Neuhoff Gallery. Nova York, EUA.
Centro Universitário Maria Antônia. São Paulo, SP, Brasil.
2001 ARCO’01, Feira de Arte Contemporênea. Gabinete de Arte Raquel Arnaud. Madrid, Espanha.
Rio de Janeiro – Barcelona. La Casa Elizalde. Barcelona, Espanha.
Lucky Strike Photolab. Marina da Glória. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Works on Paper. Neuhoff Gallery. Nova York, EUA, Brasil.
The Heart of Art. Neuhoff Gallery. Nova York, EUA, Brasil.
Traço Contemporâneo. UBM. Barra Mansa, RJ, Brasil.
2000 Desenho Contemporâneo. 4 Artistas Brasileiros. Paço Imperial. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Gestural Works on Paper. Neuhoff Gallery. Nova York, EUA.
1999 Rio Gravura. Coleção Guita e José Mindlin. Espaço Cultural dos Correios. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Rio Gravura. Coleção Mônica e George Kornis. Espaço Cultural dos Correios. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Rio Gravura. Plano Marcado. Centro Cultural Cândido Mendes. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Desenho Contemporâneo. 4 Artistas Brasileiros. Centro Cultural São Paulo, SP, Brasil. Texto: Rodrigo Naves
Desenho Contemporâneo. 4 Artistas Brasileiros. Caelum Gallery. Nova York, EUA.
Calming The Clouds. Curadoria Mallin Barth. Tiftelsen 3,14. Bergen, Noruega.
Fachadas Imaginárias. Oficina Cult. Oswald de Andrade. Sculpture Urbaine Laboratoire. São Paulo, SP, Brasil.
5º Salão da Bahia. MAM Museu de Arte Moderna. Salvador, BA, Brasil.
5º Salão UNAMA de pequenos formatos. Universidade da Amazônia, AM, Brasil.
1998 ARCO’98, Feira de Arte Contemporênea. Galeria Valu Oria. Madrid, Espanha.
Paço Imperial. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
6º Salão Nacional Victor Meirelles. Museu de Arte de Santa Catarina. Florianópolis, SC, Brasil.
16º Salão Nacional de Artes Plásticas. MAM Museu de Arte Moderna. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
1997 Os Amigos da Gravura. Museu Chácara do Céu. Fundação Castro Maya. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Valu Oria Galeria de Arte. São Paulo, SP, Brasil. Texto: Ronaldo Brito.
Novas Aquisições. Coleção Gilberto Chateaubriand. MAM Museu de Arte Moderna. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Brasil Reflexão. A Arte Contemporânea da Gravura. Fundação Cultural de Curitiba, PR, Brasil.
6º Bienal de Santos. Centro de Cultura Patrícia Galvão. Santos, SP, Brasil.
25º Salão Nacional de Artes de Belo Horizonte. Centro Cultural da UFMG. Belo Horizonte, MG, Brasil.
1996 Espaço Cultural Sérgio Porto. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
B.A.T. Bon à Tirer. La Casa do Brasil. Madrid, Espanha.
Influência Poética. Paço Imperial. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Influência Poética. Palácio das Artes. Belo Horizonte, MG, Brasil.
3º Salão Bahia. MAM Museu de Arte Moderna. Salvador, BA, Brasil.
Salão Belém do Pará. Fundação Rômulo Maiorana. Belém, PA, Brasil.
1995 Impressões Cariocas. MAM Museu de Arte Moderna. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Novos Talentos. 24 artistas selecionados para expor o trabalho no Gabinete do Presidente da República. Brasília, DF, Brasil.
Limites da Pintura. Centro Cultural CEF. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
11º Bienal da Gravura. Mostra América. Museu Guido Viário. Mostra Brasil. Curitiba, PR, Brasil.
52º Salão Paranaense de Arte. MAC Museu de Arte Contemporânea. Curitiba, PR, Brasil.
1994 Coletiva 8. Centro Cultural UFMG. Belo Horizonte, MG, Brasil.
1ª Bienal Nacional da Gravura. São José dos Campos, SP, Brasil.
1º Salão da Bahia. MAM Museu de Arte Moderna. Salvador, BA, Brasil.
14º Salão Nacional de Artes Plásticas. Palácio Gustavo Capanema. MEC. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
18º Salão Carioca. EAV Parque Lage. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
1993 Centro Cultural São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.
Projeto Exposições Temporárias. Museu da Gravura, Solar do Barão. Curitiba, PR, Brasil.
Coletiva. Programa Anual de Exposições. Centro Cultural São Paulo. São Paulo, SP, Brasil.
17o Salão Carioca. Escola de Artes Visuais do Parque Lage. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
13o Salão Nacional de Artes Plásticas. IBAC. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
1992 Galeria Macunaíma. Funarte. Instituto Brasileiro de Arte e Cultura. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Projeto Macunaíma. Funarte. Galeria Sérgio Milliet. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
49º Salão Paranaense de Arte. MAC Museu de Arte Contemporânea. Curitiba, PR, Brasil.
1991 9ª Bienal de Desenho de Curitiba. Museu de Arte Contemporânea de Curitiba. Curitiba, PR, Brasil.
16º Salão de Ribeirão Preto. Museu de Arte de Ribeirão Preto. Ribeirão Preto, SP, Brasil.
48º Salão Paranaense. MAC Museu de Arte Contemporânea. Curitiba, PR, Brasil.
1990 Projeto Macunaíma. Funarte. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
Novos Novos. Galeria Centro Empresarial. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.
22º Salão Nacional de Arte de Belo Horizonte. Museu de Arte. Belo Horizonte, MG, Brasil.
1987 Galeria Contemporânea. Rio de Janeiro, RJ, Brasil.

prêmios I awards
Prêmio “Mostras de artistas no exterior” do Programa Brasil Arte Contemporânea, da Fundação Bienal de São Paulo –2010
Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – FUNARTE – 2009
Prêmio de Artes Plásticas Marcantonio Vilaça – FUNARTE (coletivo) – 2008
XI UniversidArt. RJ. (Menção Honrosa)
VI Bienal de Santos. SP. (Prêmio Aquisição)
XVI Salão de Ribeirão Preto. SP. (Menção Especial do Júri)
XVII e XVIII Salão Carioca de Arte. RJ. (Prêmio Participação)
XIII Salão Nacional de Artes Plásticas. RJ. (Prêmio Aquisição)
VI Salão Victor Meirelles. SC. (Prêmio Aquisição)
XVI Salão de Inverno de Mauá. RJ. (2° Prêmio)

coleções particulares e museus | private collections and museums
Museu de Arte da Pampulha – Belo Horizonte, MG, Brasil – Prêmio aquisição Marcantonio Vilaça – 2009
Fundação ECCO, Brasília, DF, Brasil – Prêmio aquisição Marcantonio Vilaça (coletivo) – 2008
Casa de Cultura Laura Alvim, RJ, Brasil.
Centro Cultural Cândido Mendes, RJ, Brasil.
Centro Cultural Patrícia Galvão. Secretaria de Cultura de Santos, SP, Brasil.
Coleção Charles Cosac, SP, Brasil.
Coleção George Comis, RJ, Brasil.
Coleção Gilberto Chateaubriand, RJ, Brasil.
Coleção João Carlos Figueiredo Ferraz, SP, Brasil.
Coleção José Mindlin, SP, Brasil.
Coleção Alexandre Martins Fontes, SP, Brasil.
Fundação Castro Maya/Chácara do Céu, RJ, Brasil.
IBAC Instituto Brasileiro de Arte e Cultura, RJ, Brasil.
Museu de Arte Santa Catarina. Fundação Catarinense de Cultura, SC, Brasil.

projetos especiais I special projects
Intervenção artística na embalagem do Perfume II de Isabela Capeto. Leilão com renda revertida para o Instituto Nacional do Câncer. Abril, 2008, Brasil.
A Sala dos Fios. Cenário para desfile de Isabela Capeto. SPFW, Inverno 2006, Brasil.
Revista Ícaro. Capa da Edição de 20 anos. Junho, 2003, Brasil.
Menu 166/214. Ilustração para cardápio. Encontro dos Companheiros da Boa Mesa. 2001 e Julho, 2005, Brasil.
Pratos para a Arte IX. Museu Lasar Segall. Julho, 2006, Brasil.
Contos de Pedro. Capa de livro. Rubens Fiqueiredo, Companhia das Letras, 2006, Brasil.
Livro de Artista. Aquisição. Centro Cultural Banco do Brasil. Rio de Janeiro, 2003, Brasil.
Dialeto. Volume I. Edição Livro de Artistas. 1996, Brasil.
Enciclopédia Itaú de Artes Visuais. Itaú Cultural. www.itaucultural.org.br

entrevistas, palestras e matérias I interviews, lectures and publications
“Loca Disciplina”, entrevista por Adriana Cangalaya para revista “ArtMotiv” nº 08. Novembro 2009.
“Doida Disciplina”, entrevista por Mariana Briquet para revista “Vida & Estilo Breton Actual”. Número 2 – Ano1. 2009.
“Suco de Coisas”, matéria por Luciana Pessanha para revista Joyce Pascowitch. Setembro 2009.
“Quitanda Carioca”, matéria por Lenor Amarante para revista Casa Vogue. Outubro 2007.
“Le Charm Subtil de Gabriela Machado”, entrevista por Felipa de Almeida para a Revista Helvetissimmo, Le Magazine Suisse, 2007.
Fernanda Lopes. O Vigor de Gabriela Machado. Cinco Vezes Arte. Obra Prima. www.obraprima.net. Maio 2002.
Paulo Sérgio Duarte. O Traço e a Linha nas Artes Plásticas e na Dança Contemporânea. II Encontro de Idéias com Adriana Pavlova, Marcia Milhazes e Gabriela Machado. H.A.P. Galeria. Rio de Janeiro, Maio 2002.
Projeto Visões Contemporâneas, Mesa redonda: Brígida Baltar, Ernesto Neto, Franklin Cassaro e Gabriela Machado. Escola Candido Mendes de Interiores. Rio de Janeiro, maio 2000.
Projeto Sábado no Parque, entrevista com Gabriela Machado e Marco Veloso, escola de Artes Visuais do Parque Lage. Rio de Janeiro, 1998.
Ronaldo Brito, Gabriela Machado e Heloisa Amaral Peixoto. Encontro de Idéias. H.A.P. Galeria. Rio de Janeiro.
Paulo Sérgio Duarte analisa obra de Carlos Vergara e Gabriela Machado em palestras no Centro Cultural da Caixa
Econômica. Rio de Janeiro, outubro 1995.

vídeos I videos
“Arteacesso-br”, entrevista para o projeto homônimo, 2008.
Programa “Catálogo” do Canal Brasil. Produzido pela TV Imaginária Produções (http://www.youtube.com/watch?v=iPUJgazcZag), 2008.

bibliografia
livros I books
Gabriela Machado – Doida Disciplina. Editora Aeroplano, 2009.
Gabriela Machado. Editora Dardo, 2008.

catálogos de exposições individuais I solo exhibtions catalogues
BRITO, Ronaldo. “Doida Disciplina”. Caixa Cultural de São Paulo, 2009.
BRITO, Ronaldo. “Doida Disciplina”. Caixa Cultural do Rio de Janeiro, 2009.
BRITO, Ronaldo. “O Sopro de Corpo”. Galeria Valu Ória São Paulo e Paço Imperial Rio de Janeiro, 1998.
BRITO, Ronaldo. Doida Disciplina. HAP Galeria. Rio de Janeiro, Junho, 2005.
DUARTE, Paulo Sérgio. “E ainda por cima, são vermelhas…”. HAP Galeria. Rio de Janeiro, 2002.
GOODMAN, Jonathan. “Gabriela Machado at Neuhoff”. Art in América. October, 2003.
KALM, James. “Gabriela Machado Red Suspended”. NY Arts Magazine, vol. 8, nº 6. Junho, 2003
KORNIS, E. M. George.”As trasgressões silenciosas de Gabriela Machado, precisas impressões”. Fevereiro, 1988.
LUZ, Afonso. Centro Universitário Maria Antônia. São Paulo, 2002.
MORGAN, Robert. “Passages”. Neuhoff Gallery, 2003.
ROELS JR., Reynaldo. Rio de Janeiro. Galeria Macunaíma, 1992.
TASSINARI, Alberto. “Tinta ao Alvo”. Galeria Virgilio e Matias Brotas. Novembro, 2006.
VENÂNCIO, Paulo. “Vermelho (Em Suspenso)”. Centro Cultural Banco do Brasil. Rio de Janeiro, 2002.

catálogos de exposições coletivas I group exhibtions catalogues
Diversidade e Afinidades: Universo x reverso. ECCO. Brasília, 2010.
AUAD, Ronaldo. “Quero escrever movimento puro”. Traço Contemporâneo, edição 2001. UBM. Rio de Janeiro.
AUAD, Ronaldo. “Traço Contemporâneo ou a Vontade do Desenho”, edição 1996. UBM – Rio de Janeiro.
BACH, Cristina. “Planos Marcados”. Centro Cultural Cândido Mendes – Rio de Janeiro, 1999.
Barcelona – Rio de Janeiro, La Casa Elizalde e Centro Cultural Cândido Mendes, 2001.
CAMILLO OSÓRIO, Luiz,” Pisagem Bruta”, Galeria Virgílio , SP, Setembro 2006.
CALIRMAN, Cláudia. “Between Drawning and Painting”. Neuhoff Gallery, NY – USA. 2000.
COCCHIARALE, Fernando. Galeria Contemporânea – Rio de Janeiro, 1991.
COCCHIARALE, Fernando. “Rumos da Nova Arte Contemporânea Brasileira”. Palácio das Artes – Belo Horizonte. 2002.
DUARTE, Paulo Sérgio. “Limites da Pintura”. Caixa Econômica Federal – Rio de Janeiro, 1995.
FARIAS, Agnaldo e NEVES FILHO, João Otávio -“6º Salão Nacional Victor Meirelles” E CHIARELLI, Tadeu “Os salões e o
salão nacional Victor Meirelles” – Textos de apresentação do catálogo do VI salão Victor Meirelles. Dezembro de 1998.
HERKENHOFF, Paulo, “A Beleza do Feio” Fundação Romulo Maiorana, Arte Pará 2005, Belém, Pará.
KEIS, Heitor. “Texto de apresentação”. III Salão MAM Bahia. Dezembro, 1996.
MATTOS, Armando. “A Memória da Forma”. Impressões cariocas. MAM – Rio de Janeiro. Abril 1995.
MORGAN, Robert. ” The Gesture”. Neuhoff Gallery, NY. Setembro, 2002
Mostra Rio Gravura – Catálogo Programação Geral/Rio de Janeiro, 1999.
MURY, Luiz Augusto. “O Olhar Hedonista”. UBM Galeria de Arte – Rio de Janeiro, 2001.
NAVES, Rodrigo e FARIAS, Agnaldo. “Texto Comissão Organizadora”. VI Bienal Nacional de Santos Artes Visuais, 1997.
NAVES, Rodrigo. “Mundos contínuos incompletos” Desenho Contemporâneo. Centro Cultural – São Paulo, Paço Imperial
– Rio de Janeiro e Caelum Gallery – Nova York – USA, 1999.
Plano Marcado. Catálogo Geral, Mostra Rio Gravura. Outubro 1999.
TORTOSA, Alina. “Mostra Brasil”. Museu Guido Viário. Catálogo XI Mostra da gravura de Curitiba. Agosto, 1995.
VENÂNCIO FILHO, Paulo. “Influência Poética” Dez Desenhistas Contemporâneos. Paço Imperial – Rio de Janeiro e
Palácio das Artes, Belo Horizonte, 1996.
VIARA, Bartina. “A Arte Contemporânea da Gravura / Brasil Reflexão 1997”.

artigos e resenhas I articles and review
ACHÉ, Suzete, “Nós na Cama” caderno Ela, O Globo, 24 Março, 2007.
ABREU, Gilberto. “Desenho a quatro”. Jornal do Brasil – Caderno B, 21 Março 2000.
ATHERINO, Yolanda. “Duas visões de arte”. Jornal da Tarde, Junho 1998.
ATHERINO, Yolanda. “Monólogos do Vermelho”. Jornal da Tarde – Caderno 2, 17 Abril 2002.
ALVES, Rodrigo, ” Os limites do Livro Arte”. Revista Veredas – ano 8 n° 91, Julho de 2003.
BETTI, Maria Silva. “texto para Gianni Ratto”, Ilustração. A FOLHA DE SÃO PAULO, Jornal de Resenhas, Outubro 1999.
BRAVO, resenha, junho 2005.
BRITO, Ronaldo. “Sopro de Corpo”. REVISTA CASA VOGUE ano 22. Nº1.
CANDIDO, Simone. “Os mãos pintadas”. Revista de Domingo, 1996.
CABRAL, Luciana. “Imensidão em traços tênues”. Tribuna da Imprensa, Maio 1998.
COUTINHO, Wilson. “Medidas descomunais e leves como a pluma”. Jornal O Globo – Segundo Caderno, Março 2000.
FERREIRA, dos Santos Joaquim, coluna gente boa, ” Arte e paladar” Julho 2005.
GAMA, Júlio. “Artistas Modificam a Fachada do Pacaembu”. O Estado de São Paulo – Caderno 2, 10 Junho 1999.
GENERAL NEWS/NY – “Galeria Nenhoff expõe três artistas brasileiros no limite entre a pintura e o desenho”, 2000.
GONÇALVES FILHO, Antônio. “Bienal de Santos recupera pequeno formato”. O Estado de São Paulo, Outubro 1997.
GOODMAN, Jonathan.”Gabriela Machado at Neuhoff “. Review Of Exttibitions, Art in America, Outubro 2003.
GRUTES, Larissa, “G. M. captura o frescor do Horto nas pinturas” Tribuna Bis, Junho 2005.
ICARO, Windows, Mais uma carioca das artes, Maio 2005.
ISTO É GENTE, Bastidores “Isabela Capeto faz desfile em volta de instalação de papel higiênico”, 30 Janeiro 2006.
JORNAL A TARDE CULTURAL/Salvador – Painel Contemporâneo, 21 Dezembro 1996.
JORNAL DO BRASIL – Caderno B. “Paço abre programas de visitas”. 05 Março 2000.
JORNAL DO BRASIL – Caderno B. “Gilberto de Abreu, Gestural Works on Paper”. Abril 2000.
JORNAL FOLHA DE SÃO PAULO – Caderno Acontece, 13 Novembro 1997.
JORNAL O GLOBO – Coluna Manhattan Connections. “Gestos Coletivos”, 26 Março 2000.
JORNAL O GLOBO – Segundo Caderno. “Paço abre primeiras mostras do ano”. 23 Março 2000.
JORNAL O GLOBO. “O papel como elemento essencial de obras nacionais”. Abril 1999.
JORNAL ÚLTIMA HORA. “Diálogo entre o novo e o consagrado”. Setembro 1995.
KLEIN, Cristian. “Mostra Rio Gravura entra na reta final”. JORNAL DO BRASIL, 1999.
KALM, James. “Gabriela Machado Red” (Suspended) – NY Arts Magazine. Abril 2003.
LONTRA, Marcus. “Painel Contemporâneo”. Jornal A Tarde Cultural/Salvador – 21 Dezembro 1996.
MACHADO, Cassiano. “Gabriela Machado faz arte coim ausência”. Jornal Folha de São Paulo, Novembro 1997.
MENEZES, Caroline, O Colorido de Gabriela, caderno B, Jornal do Brasil, Junho 2005.
MILLEN, Manya. “CEF inaugura galeria com arte contemporânea”. Jornal O Globo, Julho 1995.
MOLINA, Camila. “Ceuma recebe a produção de cinco artistas”. O Estado de São Paulo, Maio 2002.
MONACHESI, Juliana. “Desenho é posto do avesso no CCSP”. Jornal Folha de São Paulo, 25 Setembro 1999.
MORAES, Angelina. “Arte jovem brasileira volta ao Centro Cultural São Paulo”. O Estado de São Paulo, 1993.
MARRA, HELOISA. “Papel higiênico em transe” Segundo Caderno – O Globo-24 fevereiro 2006.
NAZARETH, Otávio. “O traço com força de gesto”. Gazeta Mercantil, Março 2000.
NAHAS, Ana Laura “Duos” Abre hoje a temporada 2007 da Galeria Matias Brotas, 15 Março 2007.
O ESTADO DE SÃO PAULO – Caderno 2. “Mostras apresentam tradicional e o novo”. 14 Novembro 1997.
O ESTADO DE SÃO PAULO – Caderno 2. “Exposição reverencia a figura de Sérgio Milliet”. 24 Setembro 1999.
OSÓRIO, Luis Camilo. “Desenhos com dimensões determinadas por quem vê”. Jornal O Globo-Segundo Caderno, 1998.
PENA, Andréa. “Repaginado”. Caderno Dois, Jornal a Gazeta, 26 Setembro 2003, Vitória, ES.
PELEGRINI, Liliane. “Diálogos Orgânicos” O Tempo/ Magazine, BH 12 Agosto 2006.
RIANI, Mônica. “Artista utiliza atelier como isnpiração de suas obras”. Gazeta do Rio, Maio 1998.
RIANI, Mônica. “Artistas em conexão Rio-Nova York”. Gazeta Mercantil – Rio Cultura, 18 Abril 2000.
RIANI, Mônica. “As revoluções terminais”. Jornal do Brasil, 1995.
RIANI, Mônica. “Painel dos anos 90”. Jornal do Brasil, Agosto 1995.
SUL FLUMINENSE – Caderno Lazer & Cia. “Mostra traz artistas contemporâneos para BM”. 07 Outubro 2001.
TEIXEIRA, Regina. “Chácara do Céu abre ciclo ‘Amigos da gravura’”. Gazeta Mercantil, Setembro 1997.
TINOCO, Bianca. “Imagens do Casulo”. Jornal do Comércio – Artes Visuais, 18 Março 2002.
VENÂNCIO FILHO, Paulo. “A Persistência do Atelier”. REVISTA VEREDAS BANCO DO BRASIL ano 4. Nº46.
VIEIRA, Márcia. “Criatividade sem Limites”. REVISTA VEJA RIO, Coluna Beira Rio – Setembro 1995.
VISO, Leonardo, “Mãos a Obra” Caderno Atrações, Século Diário, Vitória, ES, 26 Março 2007.
“SIMÕES, Yolanda, ”Química da Pintura” A Tarde, Caderno 2, Salvador Julho 2005.
SEBASTIÃO, Walter. “Gramática da Forma” Estado de Minas, BH, 11 agosto 2006.