Alan Fontes e Flávia Bertinato
mai - jun 2016


A.Fontes Poéticas de uma paisagem - Memória em mutação - Celma Albuquerque (20)

ALAN FONTES – POÉTICAS DE UMA PAISAGEM , MEMÓRIA EM MUTAÇÃO E FLAVIA BERTINATO – RAPUNZEL
JUNHO-2016
FOTO: ALAN FONTES

ALAN FONTES - POÉTICAS DE UMA PAISAGEM , MEMÓRIA EM MUTAÇÃO 
FOTO: ALAN FONTES

ALAN FONTES – POÉTICAS DE UMA PAISAGEM , MEMÓRIA EM MUTAÇÃO
JUNHO-2016
FOTO: ALAN FONTES

A.Fontes Poéticas de uma paisagem - Memória em mutação - Celma Albuquerque (4)

ALAN FONTES – POÉTICAS DE UMA PAISAGEM , MEMÓRIA EM MUTAÇÃO
FOTO: ALAN FONTES

A.Fontes Poéticas de uma paisagem - Memória em mutação - Celma Albuquerque (1)

ALAN FONTES – POÉTICAS DE UMA PAISAGEM , MEMÓRIA EM MUTAÇÃO
FOTO: ALAN FONTES

A.Fontes Poéticas de uma paisagem - Memória em mutação - Celma Albuquerque (17)

ALAN FONTES – POÉTICAS DE UMA PAISAGEM , MEMÓRIA EM MUTAÇÃO
FOTO: ALAN FONTES

F.Bertinato Rapunzel - Celma Albuquerque (25)

FLÁVIA BERTINATO – RAPUNZEL
JUNHO-2016
FOTO: FLÁVIA BERTINATO

F.Bertinato Rapunzel - Celma Albuquerque (23)

FLÁVIA BERTINATO – RAPUNZEL
JUNHO-2016
FOTO: FLÁVIA BERTINATO

F.Bertinato Rapunzel - Celma Albuquerque (9)

FLÁVIA BERTINATO – RAPUNZEL
JUNHO-2016
FOTO: FLÁVIA BERTINATO

F.Bertinato Rapunzel - Celma Albuquerque (17)
F.Bertinato Rapunzel - Celma Albuquerque (30)

FLÁVIA BERTINATO – RAPUNZEL
JUNHO-2016
FOTO: FLÁVIA BERTINATO

A Celma Albuquerque Galeria de Arte apresenta as instalações Poéticas de uma paisagem – Memória em mutação, de Alan Fontes, e Rapunzel, de Flávia Bertinato. Ambos os artistas foram contemplados pelo Prêmio CCBB Contemporâneo 2015-2016 e expuseram os trabalhos pela primeira vez no Centro Cultural Banco do Brasil do Rio de Janeiro este ano.

O interesse de Alan Fontes pela arquitetura, notório em vários de seus trabalhos, fica também claro no conjunto de obras que podem ser vistos na galeria. Objetos de uso doméstico encontrados nas ruas da região central da cidade do Rio de Janeiro dialogam com as pinturas e fotografias enquanto evocam a percepção do espaço urbano a partir de aspectos cartográficos, históricos, documentais e sociais.
Graduado em Belas Artes com habilitação em pintura pela Universidade Federal de Minas Gerais e Mestre em Artes Visuais pela mesma instituição, Alan Fontes participou residências como Pintura Além da Pintura do CEIA, no ano de 2016 em Belo Horizonte, e da 5ª edição do Programa Bolsa Pampulha, em 2013. Dentre as premiações recebidas pelo artista destacam-se o 1º Prêmio Foco Bradesco/ArtRio 2013 e o Prêmio CCBB Contemporâneo 2015-2016.

Rapunzel, de Flávia Bertinato, é composta por carretéis nos quais se enrolam – e de onde partem e chegam – longas tranças de sisal transpassadas por tesouras cirúrgicas. Sem a presença da personagem à qual faz alusão o título do trabalho, as tranças assumem protagonismo e força incontestes, remetendo ao momento posterior à ação violenta do corte das tranças de Rapunzel, em que ela se vê afastada do príncipe que usava as tranças para chegar ao topo da torre onde vivia confinada, mas também livre da bruxa que a mantinha refém.
Flávia Bertinato é bacharel em Artes Visuais pelo Instituto de Artes da UNESP e mestre pela Escola de Comunicação e Artes USP. Realizou exposições individuais no Centro Cultural São Paulo e no Centro Universitário Maria Antônia, participou da 5ª edição do Programa Bolsa Pampulha, em 2013, além de ter sido premiada no 28° SARP – Salão de Arte Contemporânea do Museu de Arte de Ribeirão Preto, em 2004, tendo também recebido o Prêmio CCBB Contemporâneo 2015-2016.